Ocupações Pretéritas

Povos do Cerrado
22 de outubro de 2018
Perícia Arqueológica
14 de dezembro de 2018

A riqueza e complexidade da cultura material encontrada em Unaí, Minas Gerais, é sem dúvida de fundamental importância para os estudos arqueológicos. No caso específico dos vestígios evidenciados pela Sapiens em uma área de topo na serra, foram encontradas uma variedade de ferramentas (132 raspadores) e projéteis (27 pontas de flecha). Um local que deve ser observado como referência no entendimento da tecnologia e intencionalidade dos grupos caçadores-coletores no Brasil. Sobre as peças estão contexto da Bacia do Rio Preto, são instrumentos (bifaciais e unifaciais) feitos com rochas (líticos), sendo inseridas dentro da tradição arqueológica denominada Itaparica. A datação realizada pela Beta Analytic, apresentou o resultado de 5.790 anos antes do presente. Os resultados foram apresentados durante o TAAS na Bolívia (2016) e na reunião da SAB-CO (2017). A coleção estudada está sobre a guarda do Centro de Arqueologia Annette Laming-Emperaire, em Lagoa Santa, MG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *